Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Fatos e Mitos Sobre Internet Via Rádio

 

É UM ...

 

... MITO a crença de que CHUVA afeta o acesso via rádio.

 

... FATO que o RÁDIO não é afetado por intempéries, a não ser em circunstâncias especiais, que por sua vez afetam qualquer sistema e serviço, como tempestades elétricas (que podem queimar desde uma lâmpada até o seu computador, inclusive), ou tempestades com proporções destrutivas (que podem afetar desde o telhado de uma casa até antenas de telecomunicações da sua cidade ou região)

 

 

 

... MITO a crença de que existe sistema de acesso a internet ou até mesmo alguma tecnologia infalível.

 

... FATO que qualquer serviço que envolve complexidade, e interdepende de inúmeras tecnologias, exige soluções igualmente complexas quando afetado.

 

 

 

... MITO que qualquer equipamento é capaz de suportar as exigências das novas tecnologias.

 

... FATO que, para usufruir plenamente de todos os benefícios de novas tecnologias, é imprescindível que seu computador esteja dotado de infra-estrutura compatível, ou seja, processadores velozes, memória compatível com o processador e sistema operacional em perfeito funcionamento. Condições inadequadas implicam em baixo aproveitamento da tecnologia contratada.

 

 

 

... MITO atribuir ao provedor a responsabilidade única sobre a qualidade do serviço.

 

... FATO que os condomínios, e todos os usuários ativos que fazem uso de uma única rede, são co-responsáveis, junto com o provedor, pelo bom funcionamento do serviço. Tecnologias em rede (e em geral) trazem novas demandas de comportamento. É

 

 

 

IMPORTANTE que os condomínios coloquem na pauta de suas reuniões a responsabilidade sobre o uso compartilhado. Também é importante que o condomínio ofereça condições seguras para proteção dos equipamentos do provedor.

 

 

 

... MITO pensar que o provedor monitora o uso privado dos seus clientes.

 

... FATO que o provedor monitora a atividade dos links de todos os condomínios, sabendo, portanto, quais estão ativos e quais estão inativos. Isso é possível através de sistemas destinados para este fim. No entanto, não se sabe se um cliente em particular pode estar tendo dificuldades ou problemas. Sempre que isso ocorrer, é vital que se faça contato com o provedor, no horário destinado a suporte, tão logo seja possível.

 

 

 

IMPORTANTE: o provedor pode identificar sobrecarga de um determinado link e, por mecanismos apropriados, identificar se algum usuário está gerando esta sobrecarga. É legítimo proceder, nestes casos, com alguma orientação ao cliente, quando justificada pela necessidade de restauração da qualidade de acesso da maioria. 

 

 

 

 

... MITO a crença de que, por se estar na privacidade dos lares ou locais de trabalho, a qualidade do acesso particular não é afetada pelo uso das demais pessoas conectadas à mesma rede (condomínio).

 

... FATO que um único usuário que faça uso inseguro da Internet, "DETONANDO A BANDA" por sobrecarga de utilização através de download (baixando arquivos e dados), ou por ter sua máquina infectada por vírus que a transforme numa base de transmissão involuntária de dados, afetará o desempenho de todos os demais usuários do condomínio.

 

 

 

... MITO crer que a configuração do seu computador não afeta o desempenho da rede do seu condomínio.

 

... FATO que configurações inadequadas colocam sua máquina em risco, danificando não apenas os seus sistemas e dados, como tornando suscetível e insegura a rede do condomínio.

 

 

 

ATENÇÃO: CERTIFIQUE-SE DE QUE SEU ASSISTENTE TÉCNICO ESTÁ QUALIFICADO PARA ATENDER AS EXIGÊNCIAS E COMPLEXIDADE DE UMA INSTALAÇÃO COMPARTILHADA. É freqüente a falta de conhecimento provocar prejuízos que depois são atribuídos - de forma injusta - a terceiros.

 

 

 

... MITO crer que a velocidade disponível para o condomínio é determinante exclusiva da "performance" da recepção de dados (download).

 

... FATO que o local de proveniência ou origem dos dados pode ter um link pequeno para atender a sua demanda e pode estar constante ou permanentemente sobrecarregado. Este é um dos principais fatores determinantes de lentidão, que independe da disponibilidade de banda do lado do usuário ou cliente. Convém, nestes casos, também averiguar se um dos usuários que compartilha a sua rede não está "DETONANDO A BANDA" através do download contínuo de arquivos pesados.

 

 

 

... MITO crer que seja necessário instalar um HUB de 10 MB, por exemplo, para acompanhar a velocidade de navegação demonstrada pelo sistema operacional (XP ou Windows 2000).

... FATO que a instalação de um HUB de maior velocidade não irá alterar o desempenho da navegação.

 

 

 

... MITO crer que o tamanho do link contratado é para uso individual.

 

... FATO que, nestes casos, o "INDIVÍDUO" é o CONDOMÍNIO. Assim, se um condomínio adquire um link de, por exemplo, 128 Kbps, este será dividido pela totalidade dos clientes daquele local. Quando contratar este serviço procure certificar-se de que o link contratado atenderá exclusivamente o seu condominio. Fique atento: é freqüente, no mercado, mais de um condomínio pagar pelo uso de um único link, com divisão indesejável da banda.